O Lactec atua há mais de 20 anos na operação de estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar e na avaliação continua dos dados obtidos em relação aos padrões estabelecidos pelas resoluções vigentes. Atua, também, nos serviços de operação, manutenção preventiva, verificação e calibração de analisadores contínuos, usados no monitoramento da qualidade do ar, no entorno de empreendimentos, emitindo relatórios de diagnóstico.

O Laboratório de Qualidade do Ar e Emissões Atmosféricas do Lactec tem como objetivo atender às necessidades ambientais do mercado no controle e preservação da qualidade do ar. No monitoramento das emissões atmosféricas provenientes de fontes estacionárias, o laboratório dispõe de infraestrutura para a avaliação das emissões geradas em processos industriais, como gases provenientes de processos de combustão (CO, O2, NOx, SO2 e CO2) e compostos orgânicos voláteis, permitindo avaliar a conformidade dos processos industriais com a legislação ambiental vigente, assim como a eficiência energética do processo, visando à otimização.

O Laboratório de Qualidade do Ar e Emissões Atmosféricas do Lactec possui alguns serviços acreditados pela Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) para a realização de ensaios de emissões atmosféricas, nas classes de ensaios químicos, atendendo às normas da EMC, ASTM, US EPA e Cetesb; e de ensaios mecânicos, em atendimento a normas da Cetesb e da ABNT (escopo disponível em www.inmetro.gov.br/laboratorios/rble).

Em projetos de P&D, o laboratório atua em estudos de modelagem matemática de dispersão de poluentes atmosféricos, monitoramento da qualidade do ar ambiente, com o uso de estação móvel própria e amostradores de grandes volumes.

► O Laboratório de Qualidade do Ar e Emissões Atmosféricas do Lactec é integrante da RENAMA.

A Rede Nacional de Monitoramento Ambiental é uma rede de laboratórios de análises e ensaios em matrizes ambientais: águas, solos, ar e radionuclídeos, além de calibração de instrumentos, formada por renomadas instituições brasileiras públicas e privadas, sem fins lucrativos. Foi criada no âmbito do Programa do Sistema Brasileiro de Tecnologia, Redes de Prestação de Serviços Tecnológicos – Sibratec. Foram selecionados para participar do projeto de estruturação da RENAMA apenas laboratórios acreditados pela Norma NBR ISO/IEC 17025 – Requisitos Gerais para Competência de Laboratórios de Ensaio e Calibração, ou com Sistema de Gestão da Qualidade implantado. Assim, a RENAMA reúne um grande escopo de serviços que atende amplamente às demandas das empresas brasileiras para ensaios e análises em águas, solos, ar, radionuclídeos e alimentos com alto grau de qualidade e confiabilidade.

 

Atuação:

 

Monitoramento da Qualidade do Ar 

  • Operação de estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar
  • Manutenção preventiva em analisadores contínuos de monitoramento da qualidade do ar
  • Avaliação, diagnóstico e elaboração de relatório de dados oriundos do monitoramento da qualidade do ar
  • Divulgação on-line, em tempo real, da qualidade do ar
  • Monitoramento da qualidade do ar em ambientes externos, no entorno de empreendimentos, com o uso de estação móvel de monitoramento da qualidade do ar
  • Instalação/implementação de estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar
  • Modelagem matemática de dispersão de poluentes atmosféricos
  • Calibração/verificação de analisadores contínuos de monitoramento da qualidade do ar

 

Emissões Atmosféricas

  • Elaboração do programa e do relatório de automonitoramento de emissões atmosféricas
  • Monitoramento de emissões atmosféricas em dutos e chaminés
  • Cálculo do balanço de massa
  • Verificação de analisadores de gases de combustão e analisadores de compostos orgânicos voláteis
  • Inventário de emissões atmosféricas, considerando fontes emissoras de poluentes regulados, gases de efeito estufa e/ou gases relevantes ou característicos do empreendimento e da região
  • Aluguel da estrutura física do laboratório para a realização de ensaios de proficiência por organismos provedores

 

Serviços realizados:

  • Operação e manutenção de rede automática de monitoramento da qualidade do ar:
    • Instituto Ambiental do Paraná – 2002 – 2017: serviço de operação, manutenção, tratamento de dados e emissão de relatórios semanais e mensais dos dados de três estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar, que compõem a rede de monitoramento do Estado do Paraná, e divulgação on-line, em tempo real, da qualidade do ar.
    • Prefeitura de Belo Horizonte/Center Minas Participações S/A – 2013 – 2018: serviço de operação, manutenção, tratamento de dados e emissão de relatórios mensais dos dados de duas estações automáticas (Belo Horizonte).
  • Monitoramento da qualidade do ar em ambientes externos, no entorno de empreendimentos:
    • UEGA – Usina Elétrica a Gás de Araucária – 2016: parâmetros meteorológicos e partículas totais em suspensão. Objetivo: verificar o atendimento à legislação ambiental e o impacto da atividade no entorno.
    • COPEL Geração e Transmissão S.A. – 2019: parâmetros meteorológicos, partículas totais em suspensão, partículas inaláveis, dióxido de enxofre, óxido de nitrogênio, dióxido de nitrogênio e monóxido de carbono. Objetivo: avaliar a qualidade do ar no entorno da Usina Termelétrica de Figueira e verificar o atendimento aos padrões de qualidade do ar estabelecidos na Resolução CONAMA n.º 491/2018.
    • FERMA Engenharia Ltda. – 2015: parâmetros meteorológicos e partículas totais em suspensão. Objetivo: avaliar a qualidade do ar, na região de implantação do Complexo Termelétrico Sapopema, com o uso de estação móvel.
    • TUPY S/A Joinville – 2015/2016: monitoramento de monóxido de carbono no entorno da empresa, utilizando analisador automático e avaliação do atendimento aos padrões de qualidade do ar da legislação ambiental.
  • Avaliação, diagnóstico e divulgação em tempo real da qualidade do ar online:
    • Iguaçu Celulose Papel S/A – 2014 – 2017: serviço de tratamento de dados, emissão de relatórios e divulgação, na página do IAP, dos dados das estações de monitoramento da qualidade do ar de Castro e Piraí do Sul.
    • Instituto Ambiental do Paraná (IAP) – 2013 – 2017: serviço de tratamento de dados, emissão de relatórios e divulgação, na página do IAP, dos dados de todas as estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar, que compõem a rede do estado.
  • Monitoramento de emissões atmosféricas em dutos e chaminés:
    • Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) – Unidade Araucária – 2011 a 2014
    • Volvo do Brasil Veículos Ltda. – 2011 a 2015
    • New Holland CNH Latin America – 2007 a 2015
  • Verificação de analisadores portáteis:
    • ASM Engenharia e Consultoria Ltda. – 2019
  • Aluguel da estrutura física do laboratório para realização de ensaios de proficiência:
    • Paraná Metrologia – Rede Paranaense de Metrologia e Ensaios – 2019

 

Serviços em andamento:

  • Operação e manutenção de rede automática de monitoramento da qualidade do ar:
    • Refinaria Gabriel Passos (REGAP) – desde 2011: serviço de operação, manutenção, tratamento de dados e emissão de relatórios, semanais e mensais, dos dados de oito estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar, localizadas em Minas Gerais.
    • Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) – Unidade Araucária – desde 2003: serviço de operação, manutenção, tratamento de dados e emissão de relatórios, semanais e mensais, dos dados de uma estação automática de monitoramento da qualidade do ar, localizada em Araucária.
    • Refinaria Presidente Getúlio Vargas (REPAR) – desde 2003: serviço de operação, manutenção, tratamento de dados e emissão de relatórios, semanais e mensais, dos dados de duas estações automáticas de monitoramento da qualidade do ar, localizadas em Araucária e Curitiba.
    • Unidade de Industrialização do Xisto (PETROSIX) – desde 2011: serviço de operação, manutenção, tratamento de dados e emissão de relatórios, semanais e mensais, dos dados de uma estação automática de monitoramento da qualidade do ar, localizada em São Mateus do Sul.
  • Monitoramento de emissões atmosféricas em dutos e chaminés:
    • METALSA Campo Largo Indústria e Comércio de Chassis Ltda. – 2020 – Objetivo: monitorar compostos orgânicos voláteis e gases de combustão provenientes do processo produtivo.
    • FAURECIA Automotive do Brasil Ltda. – 2020 – Objetivo: monitorar compostos orgânicos voláteis e gases de combustão, provenientes do processo produtivo.
    • COPEL Geração e Transmissão S.A. – 2020 – Objetivo: monitorar gases de combustão e material particulado total, provenientes do processo da Usina Termelétrica de Figueira.

 

Para mais informações, envie um e-mail para comercial@lactec.org.br ou solicite uma proposta.